UOL
No mundo da Lua ... - UOL Blog

No mundo da Lua ...


20/11/2008


quem sou eu:

Ai que vontade.....

Vontade de me apaixonar novamente...

Assim feito moleque de 18 anos.

18 anos?...é 18 anos....

É a idade onde tudo em você é perfeito, tudo é vida.

E...Pode apostar, quando a gente se apaixona tudo rejuvenece.....

a gente parece que tem 18 anos.

Não posso reclamar de minhas paixões, elas foram como diz Vinícius:

QUE SEJA ETERNO ENQUANTO DURE

Mas foram intensas, e vivi muito essas paixões.

Agora to com saudade de paixonar de novo...

 

Eu vi esse texto no orkut

Achei bonito, porque é no perfil de um homem.

Tomei a liberdade e o avisei,

de dar a minha versão do assunto...

 

Ai que vontade eu sinto,

De me apaixonar novamente...

Irreverente e insensato, como aos 18 anos.

Ponderado e calmo aos 40s.

 

Que vontade que eu sinto de sentir

o coração pulando no peito,

ao perceber o seu cheiro.

 

Aos 40 eu reconheço seu cheiro!

 

Ai que vontade eu sinto de cochichar

no seu  ouvido insensatez

bobagens maliciosas, sem sentido,

só porque estou sentindo.

 

Aos 40 não tenho medo de contar.

Nem receio de sentir!

 

Ai que vontade que eu sinto de abraçar

apertado, porque esperei muito por esse momento.

E durante esse tempo,

sonhei !

 

Aos 40 eu tenho serenidade para sonhar.

 

Ai que vontade que eu sinto dos teus beijos.

Escondidos, loucos, insanos...

Mordidos, insinuantes,selvagens.

 

Aos 40 eu posso ser selvagem!

Eu sei !

 

Ai que vontade que eu sinto de tê-lo

nos meus braços, entre os lençóis.

Permitir que me toque sem pudor, sem defesa !

 

Ai que vontade de ser tua!

Com todo significado, intensidade, irreverência

dos 18 anos...

 

Aos 40as !!!

 

 

 

beijocas ...   Lua

Escrito por Lua às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

18/11/2008


 

Então, eu em um natal desses,

ganhei uma boneca!

Ela andava e era ruiva !

Imagino o quanto o “meu “ papai Noel,

gastou nesse natal.

 

Afinal, não foi uma boneca, mas três!

 

Tudo bem, que eu abandonaria a boneca

tranqüilamente pela minha caloi azul,

alguns anos depois...

 

Mas hoje,

toquei minha boneca com mãos

tão delicadas,

medo de quebrar sabe?

 

Olhei com olhos tão brilhantes.

E olhei tanto...

 

A caixa era a cama dela,

Roupas? Ficou com a que veio da loja.

 

Mas era linda!

E andava de verdade...

 

 

Amei tanto aquela boneca ruiva,

que pouco brinquei com ela.

Tamanho o medo de machucá-la...

 

Hoje uns “trintas” anos depois,

eu percebo que as pessoas ganham “bonecas”

dadas de presente pelos deuses...

 

E as tocam com mãos

tão delicadas !

 

E as olham com olhos tão brilhantes.

E olham tanto...

E tanto...

 

E não as tiram da caixa.

Não brincam com ela!

 

A acham linda demais!

Ficam extasiados...

 

E não brincam!

 

Não percebem, que fomos “dados”

de presente...

uns aos outros, para “brincarmos”.

 

E ficamos  na caixa!

 

 

 

"Nossas" beijocas ...  "Luas"

Escrito por Lua às 00h57
[ ] [ envie esta mensagem ]

Escrito por Lua às 01h09
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Animais, Casa e jardim


Histórico