UOL
No mundo da Lua ... - UOL Blog

No mundo da Lua ...


31/08/2007


Depois de 1175 quando o  rei impôs seu poder,
passaram a valer
as leis inglesas para a Irlanda.
E com elas a nova religião .

Em alguns momentos do dia
O barulho era ensurdecedor !
Sentia como se
os soldados estivessem
ao nosso lado .

Estava um calor nauseante.
E o pó tomou conta da cidade
que já estava quase deserta .
Poucos sobraram por ali .

Quando os  soldados 
Se movimentavam, o faziam ruidosamente .
Foi quando ele  entrou
no quarto onde eu estava e
agarrando-me pelas mãos, ia me arrastando ...
ruas e ruas abaixo
corremos juntos por muito tempo
até que conseguimos nos esconder em um barraco
abandonado fora da estrada .

Senti muito medo !
A sua mão segurava a minha
e eu sabia
que não precisava ...

Lembro que corremos muito
e por muitos dias.
Encontramos no caminho tantas pessoas
feridas, desconsoladas,
sentia fome
e o sol  castigava impiedoso.

Entramos em uma pequena vila
Esperando ali traçar novos rumos .

Então vieram os soldados ...
Parecia um mar enorme !
As pessoas 
escorregavam pelas ruelas abaixo.
Não consegui segurar a sua mão
Não consegui !
Fui levada  pela multidão ...

Não o vi mais !!!

Nos acampamentos por onde passei
Buscava seus olhos
nos cantinhos, em todos os cantinhos
te  procurei .

E em cada  um deles
ouvia noticias de que  tropas
batiam em retirada .
A guerra estava perdendo a força ...
Junto com a minha esperança.
Vi em alguns lugares
marcas que sabia foram deixadas por você,
para que eu não me perdesse.

Maltrapilha
Vi aquele povo comemorando
a retirada final ...
Sentei ali mesmo no chão,
ao lado de um cocho quase seco .
E sinto que fiquei uma “pequena” eternidade.
Prostrada .

Então escutei passos, gritos
de crianças e adultos
que vinham chegando de outros lugares
e iam reencontrando
seus familiares .

Não senti vontade de me levantar.
Naquele momento
pensei que poderia ficar sentada
quietinha ... até morrer !

Me sentindo incomodada com a multidão
levantei, afastando o cabelo do rosto,
com os olhos quase fechados
ofuscados
pela luz do sol inclemente .

Então eu vi você ...
Procurando desesperado !!

O medo de não ser real
me fez continuar
olhando...

Então ...me viu !

Afastando a multidão, veio ao meu encontro.

Naquele momento
Em seus braços, revi as cenas
das  crianças  que morreram no caminho
e não pude ajudar !
a fome, sede, desconforto, calor
medo ... que eu senti !

Acordei .

Serena, acalentada, esperançosa
porque agora , quase 900 anos depois
Eu sei...
que a guerra  acabou !

Beijocas enluaradas ....   Lua


Escrito por Lua às 21h00
[ ] [ envie esta mensagem ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Animais, Casa e jardim


Histórico